RANKING DO DIEESE

VENCIMENTOS DOS SERVIDORES DO TJMG ESTÃO NA LANTERNA

sexta-feira, 06/07/18 13:01

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) divulgou, nesta semana, o “Ranking de salário dos Tribunais de Justiça nos Estados e Distrito Federal” com vencimentos básicos em 2018. Dos 26 Estados do Brasil mais o Distrito Federal, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) aparece em várias tabelas comparativas nas últimas posições.

Dos vencimentos básicos e gratificações para nível médio, o TJMG aparece na 17ª colocação do ranking com R$ 3.729,70. Tocantins e Distrito Federal ocupam o 1º e 2º lugar com vencimentos de R$ 7.093,75 e R$ 6.862,73, respectivamente. Percebe-se que a diferença entre o salário inicial dos servidores do Tribunal de Justiça do Tocantins e o dos servidores do Judiciário mineiro ultrapassa R$ 3 mil.

No caso dos vencimentos básicos e gratificações para nível superior, os Estados do Tocantins, Distrito Federal e Amazonas ocupam, nessa ordem, os três primeiros lugares com os respectivos valores: R$ 11.876,31, R$ 11.259,81 e R$ 10.724,35. Minas Gerais fica na 22ª colocação, com R$ 5.755,05. Nesta tabela, percebe-se que o salário inicial dos servidores do Tribunal de Justiça do Tocantins é mais que o dobro dos vencimentos do Judiciário mineiro.

O Dieese fez ainda um comparativo mostrando a relação de vencimentos básicos e gratificações por hora de trabalho. Nessa lista, o TJMG aparece na 21ª posição, com R$23,31, para os casos de nível médio, e na 25ª posição, com R$35,97, para nível superior. Observa-se que, mesmo se o servidor do Judiciário mineiro de nível superior trabalhasse o dobro de horas, ele não alcançaria os vencimentos básico/horas de quem trabalha nos tribunais estaduais do Amazonas, Maranhão, Distrito Federal, Alagoas e Tocantins, que ocupam as cinco primeiras colocações na tabela.

Mobilização

É visível que o TJMG ocupa as últimas posições do Ranking do Dieese em várias situações. Os vencimentos cada vez mais defasados causam grandes estragos à prestação jurisdicional, com servidores desmotivados e alta evasão de profissionais para outros órgãos. Por isso, servidor, o salário é um dos eixos da campanha salarial unificada, que começa a ser construída pelo SINJUS-MG, SERJUSMIG E SINDOJUS/MG. Carreira e melhores condições de trabalho são os outros eixos que compõem essa luta.

Os Sindicatos já finalizaram a pauta conjunta de reivindicações que será levada para apreciação das categorias e posteriormente negociada com o TJMG. Saiba mais aqui.

É hora de mobilizar os colegas! Participe da reunião ampliada no dia 14/7/18, em horário e local a serem definidos. Opine e ajude a construir a pauta conjunta que será apreciada em AGE.

Fique ligado no site do SINJUS-MG e acompanhe as convocatórias. Contamos com sua participação!

Notícias relacionadas

PAUTA DE REIVINDICAÇÕES REUNIÃO AMPLIADA E AGE VÃO DEFINIR A CAMPANHA SALARIAL quinta-feira, 05/07/18 17:34 O SINJUS, o SERJUSMIG e o SINDOJUS estão unindo forças mais uma vez com o objetivo de negociar conjuntamente com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) as demandas de interesse comum dos servidores do Judiciário. Por isso, ... leia mais

Últimas notícias

ver mais
INFORMAÇÃO AOS SERVIDORES SINJUS REQUER TRANSPARÊNCIA DO TJMG EM SUAS DEMANDAS sexta-feira, 20/07/18 14:36 O Sindicato dos Servidores da Justiça de 2ª Instância do Estado de Minas Gerais ...
AUXÍLIOS E DATA-BASE ENCONTRO COM TJMG FRUSTRA SINDICATOS quinta-feira, 19/07/18 19:19 Com o intuito de destravar as tramitações dos projetos da Data-Base 2017 e dos ...
CAP FALTA DE QUÓRUM ADIA VOTAÇÃO DOS AUXÍLIOS MAIS UMA VEZ quinta-feira, 19/07/18 12:08 O Projeto de Lei (PL) 5181/2018, que concede os Auxílios-Saúde e Transporte aos servidores, ...
Top