Data-Base não está relacionada a aumento salarial. Este é um instrumento de correção inflacionária. Uma vez por ano, no mês de maio, o TJMG deve incorporar a Revisão Geral nos vencimentos dos servidores do Judiciário mineiro, que é medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Este direito foi regulamentado em 2010, pela Lei 18.909.

Situação atual O PL 3840/2016, que trata da Data-Base 2016 dos servidores do Judiciário, foi sancionado pelo governador de Minas Gerais e transformou-se na Lei 22.518/17. Agora o SINJUS está em negociações com a Administração do TJMG para o pagamento do retroativo. Em relação à Data-Base 2017, o Sindicato já requereu agendamento de reunião com o TJMG para início das negociações.

Últimas notícias

LUTA NEGOCIAÇÕES COM O TJMG CONTINUAM EM 23/8 sexta-feira, 11/08/17 18:20 Os sindicatos dos servidores do Judiciário Mineiro se reuniram nesta sexta-feira, dia 11/8, com ...
RETORNO SINJUS REITERA REUNIÃO COM A PRESIDÊNCIA DO TJMG sexta-feira, 04/08/17 17:38 Nesta quarta-feira, 2/8, o presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), desembargador ...
PLANEJAMENTO SINDICATOS DISCUTEM PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA COM O TJ terça-feira, 25/07/17 18:13 Nessa terça-feira, 24/7, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) reuniu os integrantes ...
LUTAS 2017 SERVIDORES LANÇAM CAMPANHA SALARIAL COM SUCESSO quarta-feira, 12/07/17 18:22 Centenas de servidores públicos do Tribunal de Justiça de Minas Gerais participaram do ato ...