Data-Base não está relacionada a aumento salarial. Este é um instrumento de correção inflacionária. Uma vez por ano, no mês de maio, o TJMG deve incorporar a Revisão Geral nos vencimentos dos servidores do Judiciário mineiro, que é medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Este direito foi regulamentado em 2010, pela Lei 18.909.

Situação atual O Projeto de Lei 4.873/2017, que concede 3,2% de Revisão Anual na remuneração dos servidores do Judiciário mineiro está tramitando na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). O PL já foi aprovado na Comissão de Administração Pública (CAP) e na Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária (FFO). O próximo passo é garantir a aprovação da proposta em dois turnos no Plenário da ALMG. Cabe lembrar que, assim que aprovada em definitivo, a Data-Base vai retroagir a maio de 2017.

Últimas notícias

PAUTA TRAVADA ALMG RETOMA VOTAÇÃO DOS VETOS QUE TRAVAM O PLENÁRIO quarta-feira, 13/06/18 14:57 Depois de quase 15 dias sem votar, o Plenário da Assembleia Legislativa de Minas ...
PAUTA CONJUNTA SINDICATOS SE UNEM EM REIVINDICAÇÕES AO TJMG terça-feira, 29/05/18 18:10 No dia 25/5, o TJMG encaminhou e-mail aos sindicatos concedendo o prazo até amanhã ...
OFÍCIO Data-Base 2018: Sindicatos requerem reposição salarial segunda-feira, 28/05/18 11:25 A Subseção Judiciária do DIEESE – SERJUSMIG/SINJUS, por seu técnico, Thiago Rodarte, promoveu estudos ...
MOBILIZAÇÃO SINJUS PEDE CELERIDADE PARA PROJETOS NA ALMG terça-feira, 22/05/18 21:57 O SINJUS-MG esteve na Assembleia Legislativa de Minas Gerais nesta terça-feira, 22/5, buscando celeridade ...