ARTIGO

Gestação com Saúde

sexta-feira, 30/06/17 11:37

A capacidade de amar é em grande parte organizada e construída durante o período em torno do nascimento. (Michel Odent, obstetra)

O momento do parto pode ser grandioso, sublime, desafiador e, por vezes, amedrontador para as mulheres, especialmente as que ainda não têm filhos.

Um acontecimento tão natural e primitivo vem se tornando em nossa sociedade um procedimento hospitalar, um evento envolvendo muitas compras, e nem sempre o momento grandioso e sublime que mães e pais sonham.

Atualmente 50% dos partos no Brasil são cesáreas. E na classe média, essa estatística aumenta. O número não representa a incapacidade de ter um parto normal ou natural, e sim traduz o temor por parte das mulheres de vivenciar esse momento, já que, muitas vezes, o acompanhamento médico desincentiva a naturalidade da experiência.

A fase da gestação é justamente esse período de preparação natural onde a mulher pode assimilar as mudanças que a maternidade trará e se apropriar desta nova força orgânica.

O preparo antecipado é recomendado como prática de saúde, pois, ameniza o receio e o estresse, ajudando a transformar o momento em uma experiência vitoriosa.

As práticas integrativas e complementares são regulamentadas pelo Ministério da Saúde desde 2006, incluindo diversos recursos terapêuticos, como yoga, massagens, homeopatia, auriculoterapia, terapia floral, massagem shantala para bebês, uso de chás e ervas medicinais, escalda pés, dentre outros.

O autoconhecimento em relação ao corpo e reações é fundamental para diminuir o temor quanto ao parto e propicia uma entrega mais confiante nesse momento.

E mesmo para as mulheres que já experimentaram a maternidade, o cuidado consigo mesmas durante a gestação é muito importante para trazer bem-estar físico e saúde tanto antes do nascimento do bebê, quanto depois.

Os benefícios de um acompanhamento terapêutico nesta fase são vários:

– Relaxa o corpo e a mente, acalma as emoções. Diminuição da ansiedade e de dores no pré e pós-parto.

– Estimula a circulação de retorno das pernas, diminuindo dores, inchaços e prevenindo problemas circulatórios.

– Colabora para uma gestação saudável, o que favorece o contato, estreitamento do vínculo e o cuidado com a criança.

– Preparação para amamentação.

 

Atendimentos no Programa para Futuras Mamães:

– Massagem Oriental especialmente adaptada para gestantes.

– Exercícios Terapêuticos específicos para esta fase: Cuidados com o corpo para preparação para amamentação e para o parto. Alongamento da musculatura geral e específica. Quadril e lombar. Ginástica do períneo.

– Práticas de respiração e relaxamento profundos.

– Aromaterapia.

– Reflexologia dos pés.

– Terapia Floral.

– Aulas de Massagem, aromaterapia e outros cuidados para o bem estar do bebê.

 

Agendamento semanal com uma hora de duração pelo telefone (31) 988928244 com a terapeuta Lila Parameswara. Especialista em técnicas de Terapia Corporal há 25 anos e mãe com a experiência pessoal do parto de cócoras.

Lila Parameswara

É terapeuta psicocorporal, especialista em Medicina Oriental e Terapia Transpessoal. Atua há 25 anos na área. Atende com massoterapia oriental, acupuntura, terapia floral, fitoterapia e psicoterapia no SINJUS-MG. Autora do site www.expansaodoser.com.br.

Top