BENEFÍCIO

Juiz de SP com 60 imóveis recebe auxílio-moradia

segunda-feira, 05/02/18 12:15

Quase metade dos juízes da maior cidade do país recebem o benefício mesmo residindo na capital

Quase metade dos juízes da cidade de São Paulo que recebem auxílio-moradia dos cofres públicos têm casa própria na capital do Estado. Alguns acumulam mais de uma propriedade, sendo que o campeão tem em seu nome 60 imóveis. A reportagem cruzou a lista de magistrados que trabalham na capital e ganham o benefício com os dados de proprietários de imóveis constante no cadastro de IPTU da prefeitura.

Estão claramente identificados na lista pública do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) 2.275 juízes atuando na cidade de São Paulo, considerando a Justiça estadual, federal, do trabalho e militar.

Desses, 30% (680) recebem os R$ 4.378 mensais de auxílio para moradia mesmo tendo imóvel na capital. Considerando apenas o universo de juízes que recebem o auxílio, 43% possuem imóvel na capital. Os dados mostram que 215 desses magistrados têm mais de um imóvel em seu nome.

O campeão é o desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo José Antonio de Paula Santos Neto, que tem 60 imóveis registrados em seu nome na base do IPTU.

Seu patrimônio inclui apartamentos em bairros valorizados, como Bela Vista, Perdizes, Pacaembu, Cerqueira Cesar, Higienópolis e Morumbi. O magistrado afirmou que seu patrimônio é fruto de herança que recebeu dos pais.

À reportagem ele ainda declarou considerar inadequado o pagamento do auxílio-moradia, mas afirmou que o recebe porque todos os outros magistrados que têm imóvel próprio também recebem e que, na verdade, o penduricalho é uma forma de driblar a falta de reajuste do salário dos juízes. O salário do desembargador é de R$ 30.471,11.

Ao todo, nove magistrados do TJSP e dois do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2) ganham o auxílio dos cofres públicos mesmo tendo, cada um, mais de cinco imóveis registrados em seus nomes.

Fonte: O Tempo

Matérias Relacionadas

Juízes do Rio têm verba até para material escolar

Congressistas têm imóvel e auxílio-moradia

Após cinco anos, Fux libera ação que questiona penduricalhos do TJ-RJ

Gilmar Mendes critica concessão de auxílio-moradia a juízes como Sérgio Moro

Últimas notícias

ver mais
ARTIGO Qualidade de vida das pessoas com perda de memória quarta-feira, 21/02/18 08:32 Precisamos manter nosso cérebro sempre ativo para que nossa memória não falhe ao ponto ...
NÚCLEO DE APOSENTADOS REUNIÃO DO NAP ABORDA PREVIDÊNCIA E GESTÃO DO SINJUS terça-feira, 20/02/18 19:37 Os impactos da Reforma da Previdência foram discutidos na última reunião do Núcleo de ...
DESCASO IPSEMG: USUÁRIOS E FUNCIONÁRIOS REIVINDICAM MELHORIAS terça-feira, 20/02/18 18:49 Diante do descaso com que vem sendo tratado o Instituto de Previdência dos Servidores ...

Convênios

ver mais
Top