COLHENDO COM OS OLHOS

quarta-feira, 21/12/16 15:00

RODA DE LEITURA

 

Autor: Beatriz Queiroga Andrade

Gincana NAP – Grupo 02

 

1 – Prática pedagógica e cultural relacionada ao ato de ler conjuntamente, muito utilizada com leitores em formação …” (ceale.fae.ufmg.br)

2 – “Valorização da leitura como uma fonte de prazer e entretenimento. Interesse por compartilhar ideias e opiniões…” (rede.novaescolaclube.org.br)

3 – “A roda de leitura é um projeto que tem como intuito formar leitores.” (portaldoprofessor.mec.gov.br)

Não participo da Roda de Leitura do NAP por ter outro compromisso no dia do encontro. Fui buscar definições e comentários sobre o assunto. Acredito que o grupo escolhe o livro que irão ler no mês. Sei que se reúne no dia marcado, quando os participantes devem sentar-se em círculo, formando uma roda de conversa sobre o livro lido. Quantas ideias e experiências devem brotar daí! Sentimentos também.

Ao pesquisar sobre o tema, deparei-me com uma citação. Vejam que lindo!

 

COLHENDO COM OS OLHOS

 

“Em que se baseia a leitura? No desejo. É o resultado de uma observação, de uma vida. Ler é identificar-se com o apaixonado ou com o místico. É ser um pouco clandestino, é abolir o mundo exterior… abrir o parêntese do imaginário. As pessoas leem com seus corpos. Ler é também sair transformado de uma experiência de vida… uma ocasião de amar sem a certeza de que se vai amar. Pouco a pouco o desejo desaparece sob o prazer.” (Lionel Bellenger) – Professor da Universidade Paris III – Sorbonne Nouvelle. Especialista em Treinamento de Comunicação.

Eu tenho um vício: LER.

Para mim, ler é viajar no tempo e no espaço. Posso ir à Irlanda, à França, à Alemanha da 2ª Guerra Mundial, ver a queda do Muro de Berlim. Parece que estou lá. Viajo continentes, recordo lembranças que acreditava esquecidas quando leio sobre vivências parecidas com as minhas. Nesta atividade solitária que é ler um livro, realmente, deixamos o mundo lá fora.

Nestes tempos atuais podemos ler livros em papel e e-books. Os livros virtuais ocupam menos espaço, não ficam cheios de mofo e poeira. Mas, o ato de folhear o livro, sentir o cheiro, voltar, ler de novo, é muito mais prazeroso num livro de papel!

Que os participantes da Roda de Leitura do NAP encontrem sempre o prazer na leitura de novas histórias!!!

Últimas notícias

ver mais
pedido de providências Após cobrança de Gilmar, CNJ vai apurar auxílio-moradia de Bretas sexta-feira, 18/05/18 12:20 Corregedoria Nacional de Justiça, do Conselho Nacional de Justiça, informou ao Supremo Tribunal Federal ...
ENTREVISTA DESEMBARGADOR FALA SOBRE O PAPEL DO JUDICIÁRIO sexta-feira, 18/05/18 12:12 Em entrevista exclusiva ao Edição do Brasil, o desembargador Doorgal Borges de Andrada esclarece ...
LUTA SINJUS APOIA SINDIJUDICIÁRIO EM AGE DA CATEGORIA sexta-feira, 18/05/18 11:32 Os servidores do Poder Judiciário do Espírito Santo estiveram reunidos com a diretoria do ...

Convênios

ver mais
Top